Uma corrida acidentada

Objetivo:DSCN0718.JPG

Reconhecimento rápido das notas alteradas no teclado.

Conteúdos:

Acidentes.

Número de jogadores:

No mínimo 2.

Recursos necessários:

Cartões com nomes de notas alteradas com sustenidos e/ou bemóis.

Dica: Utilize os mesmos cartões do jogo Conquista

Pequenos animais, pedras ou qualquer outro marcador para cada jogador.

Descrição prática:

O primeiro estudante deve pegar o primeiro cartão da pilha e mover seu marcador para a tecla correspondente à nota sorteada. Caso erre o jogador volta uma tecla preta.

O segundo jogador fará o mesmo.

O vencedor será o primeiro a chegar em uma das notas da última oitava do piano.

Dica: Para tornar o jogo mais rápido você pode partir do dó central em vez de utilizar o teclado inteiro do piano.

Anúncios

Dedoches

DSCN0244.JPGHoje trago mais uma sugestão de ferramenta didática fofa para divertir as aulas de piano principalmente dos estudantes em idade pré-escolares: dedoches! Eles podem servir para identificar o número dos dedos, onde o aluno deve dizer o dedo e a mão em que o dedoche aparece, podem indicar regiões do piano em que aluno deve tocar sua peça, podem servir como platéia ou como inspiração para improvisar uma peça nova.

Uma fofura!

Letras de EVA para seu estúdio

DSCN0246.JPGApós um surto de desespero, descobri que a confusão com expressões italianas, nomes de compositores, nomes de formas etc é uma dificuldade comum à todos os professores de música. Aí o surto passou e fui procurar algo que pudesse ajudar neste sentido: encentrei um pacote de letras de EVA, parece tolo, mas pedir para que os estudantes formem as palavras com estas letras acaba sendo divertido e ajuda na memorização. Não deixo de utilizar elas, principalmente nos Encontros do Clubinho do Piano, nos quais sempre estudamos um compositor e com ele algum conteúdo específico: uma forma, um elemento sonoro, etc. Elas podem ainda ser combinadas, de forma que cada letra que uma palavra que defina o tema de sua aula possam ser utilizada para formar outras tantas palavras dentro do tema. Deixe a própria criatividade dos alunos agirem.

Deixo aqui a minha sugestão.

 

Corrida rápida com flashcards

Não sou muito fã de jogos de tabuleiro, pois acho que consome muito tempo de aula, mas como queria mudar um pouco o uso de flashcards e não simplesmente pedir para o aluno olhar, dizer a resposta e conferir atrás, pensei em fazer a corrida de maneira contrária. Em vez de se movimentar um número ‘x’ de casas e responder o cartão, o aluno deve responder o cartão e então se movimentar o número ‘x’ de casas, ou melhor, pular direto para a casa correspondente.

Objetivos musicais:DSCN0668.JPG

Fortalecer o reconhecimento de notas na pauta.

Conteúdos:

Leitura na pauta.

Número de jogadores:

No mínimo 2.

Recursos necessários:

Tabuleiro de corrida com nomes de noteas

Dica: Eu utilizei o tabuleiro da centopeia musical elaborado pela professora Mirka que, plastificando, lhe permitirá utilizar para diversos outros jogos, o qual você pode baixar clicando aqui.

Flashcards de notas musicais.

Pequenos animais, pedras ou qualquer outro marcador para cada jogador.

Descrição prática:

O primeiro estudante deve pegar o primeiro cartão da pilha, identificar a nota e mover seu marcador para a casa correspondente. Caso erre a resposta, o jogador continua parado.

Dica: Deixe os cartões cobertos para que as notas não possam ser vistas antes da jogada.

O segundo jogador fará o mesmo.

O vencedor será o primeiro a chegar em uma das notas do último conjunto em que elas não se repetem mais.

Números dos dedos para pré-escolares

DSCN0245.JPGObjetivos:

Reconhecer a numeração dos dedos na música para piano.

Conteúdos:

Número dos dedos.

Recursos necessários:

Imagens grandes de mãos impressas;

Dica: Você pode imprimir a versão de Joy Morin do blog Color in My Piano clicando aqui.

Objetos pequenos como pompoms, imãs, pedrinhas.

Descrição prática:

 

Compare as mãos do aluno com as mãos do desenho, peça e o ajude a identificar qual é a mão direita e a esquerda.

Explique ao estudante que o dedo mais estranho, aquele que vai “para o lado” em vez de ir “para frente” é o dedo número 1, e que a partir dele contamos os dedos de cada mão.

Peça para colocar sobre a imagem de cada dedo a quantidade de objetos equivalente ao número do dedo.